sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Fechamento Janeiro 2019

Olá Finansfera! Que mês demorado para passar heim!

Esse primeiro mês, pelo menos pra mim, parecia que não iria acabar nunca...

Eu e a Sra. Chi Chi fizemos uma viagem bate-volta para uma cidade próxima, para dar um alô para a parentada. Iria fazer 3 anos que não passávamos por aquelas bandas. 
O combinado, era pegar estrada logo cedo para, no fim da manhã ou no máximo no horário do almoço, chegarmos no destino. MAAAASSSS.... a bateria do carro deu aquela arriada marota só para nos lembrar da importância da reserva de emergência. Apesar do carro ser novo, a vida útil das baterias gira em torno de 2 a 3 anos... então... estava próximo da hora de trocar mesmo. Fui até aconselhado a não trocar, porque como iríamos pegar estrada daria tempo da bateria pegar carga novamente e tal... mas na boa pra quê arriscar? Quero ficar tranquilo e não preocupado se tudo vai dar certo. Já pensou se em pleno domingo, numa cidade de interior a bateria arria de vez? Sem chance. Valor da criança, 410 bolsominions. A vista, 350. Desconto acertado, peça trocada, viagem tranquila.

No final de dezembro, me dei de presente um livro que estava no radar a muitos meses. Estava olhando os livros que tenho interesse em adquirir na lista de desejos da Amazon e lá estava ele. DISPONÍVEL! "Ações comuns Lucros Extraordinários - Philip Phisher". Versão impressa pela baguatela de 275 pratas. Caro? Talvez. Parcelei em 4x, peguei o valor total e somei ao aporte do mês de dezembro...mas convenhamos... dificilmente investimento em conhecimento é algo que possamos dizer que é caro. Ainda mais sobre um assunto que já venho estudando. Renda variável. O livro é muito bom! Falta apenas 2 capítulos e é impressionante como a análise fundamentalista é algo menos complexo que imaginamos. Vejo que é preciso utilizar com inteligência o ativo mais importante que temos. O TEMPO. Feita verificação fundamentalista, ao que parece, é dar tempo ao tempo para o bolo crescer.
Por isso é tão importante focar no processo. E não somente no objetivo.


E como disse no fechamento do mês de dezembro. Janeiro foi um marco para o aprendiz Goku. Coloquei um pé na RV. Esta no topo? Talvez. Pelo índice dolarizado ainda temos espaço para subir mais. Isso importa? Pra mim, não. Ainda mais nesse momento e da forma que planejei entrar. Literalmente aos poucos. 

Senhor, é aqui o balcão da B3?

Como o objetivo de 2019 é liquidar o apê de férias, logo não posso colocar muita grana em outro lugar. Por isso, decidi colocar algo de 100 a 150 bolsominios em RV. Mesclando ações e fiis. Para que no final do ano, tenha a carteira quase formada e sinta na pele todas as variações que possa ocorrer daqui até lá. Além de me forçar a estudar mais os ativos que passaram pelos critérios fundamentalistas.

Adquiri 1 cota do VISC11 juntamente com 5 ações de ABEV3. Total da brincadeira: 195,80. E estou utilizando a plataforma do Inter para operar.

O banco criou uma limitação para aplicações em RV. Você opera RV valores referentes à 50% do que possui investido em RF no banco. É algo ruim? Pra min, não.
Pode ser uma estratégia do banco para evitar problemas com muitas ordens, algo que vejo o pessoal que usa a Clear e Modal as vezes reclamando. Mas como irei fazer apenas 1 ou 2 compras mês... Não faz a menor diferença.

Preciso descobrir alguma planilha para lançar esses ativos de RV, não sei se da para fazer usando a planilha do AdP. Caso alguém saiba, manda um recado aí, Talkei?

Vamos aos números?

Fazendo aquela tradicional limpa na C.C. em janeiro, enviei um total de 1.951,15 distribuídos da seguinte maneira.

Poupança - Colchão de Segurança: 1.850,38.
TD2045: 100,77.

Não contabilizei o valor em RV.

É um montante significativo. Mas isso esta acontecendo, porque eu tenho diminuído fortemente o uso do cartão de crédito para compras diárias. Estou passando praticamente tudo no débito. Preciso sentir na pele comprar apenas o que eu posso. E essa será a tocada até liquidar o apê.


A ideia é continuar assim durante todo o ano. E a cada 3 ou 4 meses juntar um valor e abater as últimas parcelas com desconto.


Vejo que esse ano será um longo caminho de aprendizado, estamos juntos?


Foco no processo, pessoal!



3 comentários:

  1. A versão kindle custa 20 reais
    Bom relato

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Show camarada, bons investimentos em 2019 pra vc!
    abc

    ResponderExcluir
  3. Coincidentemente em Janeiro a bateria do meu carro foi para o saco, mas aqui em SP tem lugares que vende bem mais barato que o preço que vc pagou rs

    ResponderExcluir