domingo, 10 de junho de 2018

Fechamento Maio 2018

Buenas guerreiros do milhão!!

Vamos para mais um fechamento??

Como passaram esse mês? Recuperando os cacos? Que país zuado esse nosso heim. Greve de caminhoneiros, gasosa nas alturas... Dá um desânimo danado dessa republiqueta. Mas, vamos fazer o nosso e deixar os outros se matarem para tentar justificar seus votos em outubro. Pra mim, sinceramente, é tudo farinha do mesmo saco e eu não perco tempo querendo saber de A ou B.

Bom, na postagem passada, fiquei devendo os comentários dos livros finalizados. Pois bem, la vai.

Terminei apenas 2 livros. A vida que vale a pena ser vivida do Clóvis de Barros e Mindset: A nova psicologia do Sucesso de Carol Dwek.

Gostei bastante do livro do Clóvis, é muito interessante como ele consegue pegar pensamentos de filósofos da antiguidade e colocar em situações do nosso dia-dia. Recomendo a leitura.

Já o livro da Carol Dwek é um banho de água fria de como somos influenciados e como influenciamos os outros. Principalmente nos exemplos e no convívio com as crianças. Ela mostra como é importante dar ênfase no processo e não apenas no resultado. Essa seria uma das grandes diferenças das pessoas que conseguem vencer seus desafios e das que na primeira dificuldade abandonam o barco. Deem valor ao processo! Livro muito foda!


Valorize o processo! O treinamento, a disciplina para então alcançar seu objetivo!


Atualmente estou enrolando para começar o Rápido e Devagar: Duas formas de pensar, do Daniel Kahneman. Provavelmente devo engrenar na próxima semana.

Vamos aos números?







CDBs/LCas sem nenhuma novidade, zero aporte.
Esse mês coloquei uma pequena quantia na poupança. Queria chegar a esse valor de 2k. Pra mim, é o mínimo possível de uma RE. Agora consigo pensar com um pouco de calma.

Coloquei 300 Temers no TD2045.


O aporte total do mês foi bastante alto, 900 temers. A bastante tempo não conseguia colocar um valor tão alto.

Daqui pra frente, foco total em liquidar as contas.


Falando em contas, apenas para registro.
Tenho um consiga de 18x600.
E para 2019, 37x500.


Mês morno, sem muitas surpresas!

Foque no processo, galera! Grande abraço!

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Fechamento Abril 2018

Antes tarde do que nunca!!!

Mal chegamos ao meio do ano e na boa.... tem como rever as metas de início de ano? 


PQP!!!!



Muita água passou por debaixo da ponte. Então, vamos atualizar rapidamente alguns acontecimentos.

Janeiro: Tirei uns dias de férias e passei 7 dias em floripa com a Patroa Chichi e 1 casal de amigos. Viagem tranquila, programada com certo tempo. Comemos e bebemos do bom e do melhor. Ponto alto da viagem. Conheci, pessoalmente, um investidor do Fundo Verde!(não sabe do que se trata? )Clica aqui pra ter uma ideia. E é esse meu amigo. Que ele é super controlado e tem um puta salário isso não era segredo. Mas conversa vai conversa vem, quando colocávamos as ideias futuras na mesa sobre quando e como comprar a casa ou apê esse meu amigo mandou essa. "Vou aguardar até final de 2018 que eu vou resgatar uma grana que tenho no Fundo Verde e vamos tentar liquidar um apê a vista. Se não der, vou esperar mais alguns meses e achar um bom negócio..." Quase pedi um autógrafo rsrsrs. Brincadeiras a parte, no mesmo dia, mostrei para Senhora Chichi do que se tratava esse fundo e o cacife para entrar. Definitivamente não é para qualquer um. 

No final da viagem, recebemos uma ligação de um amigo, sobre a possibilidade de alugar a casa dele, se iriamos mesmo ficar com ela ou não. Na verdade, "fechamos" negócio com ele desde o início do ano passado. E ele não alugou pra ninguém aguardando nossa posição. Tudo estava travado por causa do meu trabalho. Estou bem distante da minha terra natal. E enquanto não resolvesse essa questão de conseguir voltar, ficaria bem complicado firmar esse contrato de locação com ele. Porém, fechamos negócio. O valor que ele fez na casa está bem abaixo do mercado. E seria complicado ele ficar segurando a locação aguardando que eu resolva meu lado. Existe uma pequena, e remota, chance de que eu consiga voltar ainda esse ano. Mas no serviço público as coisas andam bem devagar. Então paciência. Enquanto isso não acontece, vamos pagar dois alugueis. São dois no valor de 1. Pois eu divido aqui com o colega de trabalho e lá com a patroa. (Que foda!)

Fevereiro: (eu cheguei a fazer uma postagem mas não consegui termina-la) Foi corrido pra caramba. Acertando detalhes da locação da casa, algumas pequenas reformas e decidindo móveis e utensílios domésticos.

Março: Comecei bem esse mês. Simplesmente cheguei atrasado no embarque e perdi o voo. Coisa de 5min. Se pudesse teria negativado a nota do Uber. O cara foi fazer um percurso mais "rápido" e atrasou uns 20min. PQP! Tive que comprar a porra da passagem no balcão. Morri em milão. Tudo isso era um presagio do que viria nos meses seguintes. rsrsrsrs
Com a locação da casa nova, cancelamos nossa viagem para Bonito-MT que seria agora no final de Maio. A conta não iria fechar nunca. Tudo em Bonito é tabelado e os melhores passeios são bem caros. É uma viagem que você torra por baixo uns 3k por cabeça para fazer tudo que tem direito. E ir pra lá e ficar na vontade é melhor não ir.

Como boa notícia, fiz pela 1º vez a declaração do IR. Acho que fui uns dos poucos que estava contente em ser obrigado a declarar! Antigamente minha renda não dava pra nada. Não precisava declarar porcaria nenhuma rsrsrs. E vai rolar restituição!
R$ 1.800 temers devem cair na conta ainda esse mês.

E aquele empréstimo (R$ 1.100) foi liquidado. Minha amiga levantou a grana que precisava e acertamos.

Abril: Para quem não sabe, comecei a estudar de forma mais aprofundada sobre educação financeira para ajudar minha mãe. Ela deve receber uma boa quantia por causa da aposentadoria. São algumas licenças que ela não gozou e preferiu acumular a grana para resgatar. Toda essa situação me fez parar aqui. Com isso veio todas as reflexões dos erros que cometemos durante o processo de viver.
A tal da reforma(casa), tivemos que adiantar uma parte. E para minha surpresa, minha coroa esta bem enrolada financeiramente falando (de novo). Tive que assumir a bronca sozinho e sentar com ela (de novo) e passar as contas a limpo. Quando ela puder acertaremos a parte dela.
Por conta dessa situação, resgatei 6k do CDB sofisa direto (o resgate foi bem tranquilo. 15min a grana tava na conta) mandei outro consignado (9,5k - em 18x de 600 e uns quebrados) juntei uns cacos da conta corrente e acertei com a empresa. Total 18k.

Maio: Comecei bem o mês! Bem quebrado isso sim. Quando finalmente terminei aquele consignado do casamento (que eu não consegui adiantar nenhuma parcela, que vergonha) vou lá e faço outro. Já podemos rever as metas traçadas no início do ano? Porque ta tudo virado. Impossível sair positivo esse ano com todas essas contas para acertar. E vasculhando as contas da coroa, descubro que a partir de Março de 2019 terei 37 parcelas de 500 temers para assumir, de uma compra que fizemos em 2015 de uma cota de hotel/resort. Voltarei a ficar no azul somente depois da copa do Qatar! PQP!!!!

Agora, colocando a cabeça no lugar, mais uma vez tudo isso me fez ver o quanto a Reserva de Emergência é importante. Não tem como não ver o tamanho da importância desse colchão de segurança. A batalha aqui, vai ser primeiro manter uma quantia para alguma eventualidade (2k) depois liquidar o consignado (o mais rápido possível), reestruturar o rombo de 6k e quando atingir essa meta, vamos dobra-la! Estou pensando seriamente em fixar a RE entre 18 e 21k.
Por todas as situações que estou vivendo, é um valor que me daria total conforto para finalmente começar a investir. 

Falando em investir, desde Fevereiro tenho colocado 100 temers no IPCA 2045. Apenas para ver como funciona e tal. Quando passar essas tempestades, tentaremos chegar em uns 200 ou 300 temers no IPCA 2045.

No fechamento de Maio atualizo a parte literária (a única que estou conseguindo cumprir)
Ps: Em Março/Abril venceu a LCA e ficou na CC do sofisa um tempão. Até que eu resolvi colocar novamente em outra LCA (1 semana depois fui lá e rapei a liquidez diária! Que arrependimento!)

Pra fechar, vamos aos balanços.




Estou me sentindo um zero a esquerda. Geral investindo pesado em ações, Fiis, criptos e eu tentando sair do lamaçal de contas. Vamos manter o foco que uma hora vai!!!

Grande abraço, senhoras e senhores! Início de junho temos atualização!


PS: Estou com uma dúvida na planilha do TD IPCA 2045. Eu coloquei 100 pila, porém aparece que foi investido um valor menor. É esse que eu lanço, certo?

domingo, 7 de janeiro de 2018

Fechamento Dezembro 2017

Finansfera! Vamos para mais um fechamento!

Este, em especial, tem uma grande importância! Terminamos um ciclo e verificamos o que realizamos ou o que deixamos de realizar. Erros e acertos são postos a prova nessa época do ano, certo?

Bom, para começar, finalizei o livro "O jeito Peter Lynch de investir". Gostei bastante da forma como esse visionário atuou no início de sua carreira no mercado de ações. Em uma época que você tinha muita dificuldade em "conhecer" uma empresa, pela complicação que era para adquirir informações, balanços, etc... Hoje, com alguns clicks, conseguimos todas as informações relevantes para analisar uma empresa. A tecnologia facilitou muito nossas vidas, heim. Precisamos aproveitar essa ferramenta. Que tal parar um pouco de futricar no INXXXXTA ou FACY e dedicar esse tempo em algo realmente produtivo? Sempre me pego pensando no quanto estamos "evoluindo".
Já comecei o Investidor Inteligente e, por enquanto, estou gostando bastante (AdP, esta menos massante que o do Philip Fisher). Devo levar mais 1 ou 2 meses para finaliza-lo.
Cautela e movimentos suaves. Efeitos dos bons livros que estou devorando.


Além do lado financeiro, do maior controle e responsabilidade com a grana, esse ano que passou me mostrou o quanto o conhecimento é importante. Nessa onda de literatura específica, acabei lendo outras coisas interessantes. E estou criando o hábito da leitura. Realmente é algo que nos acrescenta muito. Espero que consiga continuar e manter um bom ritmo independentemente do tema.

Em dezembro, o plano era pegar o 13º e adiantar alguma coisa do Consiga, certo?! Certo! Claro que não rolou. Tive que fazer uma "pequena" obra na casa da minha mãe. Foi um paliativo, mas que estávamos precisando fazer a muito tempo. A obra como um todo, deverá consumir uns 8 a 10k. Algo que já está nos planos para ser realizado em 2018. Sei que terei esse "gasto" para o ano que mal começou. Fico triste pelo lado financeiro mas se não fosse assim, sabe-se lá quando ela iria conseguir fazer. E se fizesse, provavelmente seria pegando um empréstimo e se enrolando um pouco sem necessidade. Por isso, estou bem contente em poder ajuda-la financeiramente falando. É um momento de realização mesmo. Você se sente capaz de fazer vai lá e faz! Simples assim.

Esse mês o Nubank fechou em 1.460 Temers. Mas calma lá! Tive alguns gastos que não estavam previstos ou que não são meus. Por isso consegui manter a minha fatura na casa dos 700 Temers. Está ótimo. Sobrevivi ao Natal e toda aquela empolgação de compras e necessidade de mostrar pra todo mundo que você é fodão!!!

Como deu para perceber, o aporte em dezembro, novamente foi ZERO! 

Vamos aos números?







 Essa planilha ta ficando linda heim! Um ano preenchido! Tudo bem que eu andei de lado mas esta tudo controlado. Quando as coisas se acalmarem e se acalmarem, voltarei a aportar de forma mais constante e com valores mais significativos.

METAS para 2018 (tem que ter, certo?)

1º - Finalizar o consignado: Faltam 5 parcelas;
2º - Realizar a obra no segundo semestre de 2018;
3º - Poupar/Investir entre 10 e 12k;
4º - Continuar lendo 1 a 2 livros/mês.

Nada muito mirabolante, são metas palpáveis mas nem por isso serão fáceis de atingir.

Para o final desse mês, irei pegar uma praia com a Senhora Chi Chi e já estamos programando outra viagem para Maio. Gostaria de agradecer ao Km de Vantagens, porque as passagens aéreas já estão compradas! Pegamos uma boa promoção de milhas da Multiplus. Indico para todos os colegas. Afinal de contas, temos que abastecer, certo? Então usa e acumula. 

Gostaria de desejar um excelente ano de 2018, que possamos colocar em prática nossos planejamentos e metas e que saibamos reagir bem às adversidades futuras.

Grande abraço a todos e sucesso na caminhada!

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Fechamento Novembro 2017

Salve Salve FInansfera!!!

Para não repetir o vexame do mês passado, e acumular dois meses sem postagem, venho atualizar o blog hoje.
Antes tarde do que nunca.

Com relação aos planos do mês passado, e a ideia fixa de reduzir a fatura do Nubank, finalmente consegui reduzir os gastos do roxinho e a fatura de novembro veio R$ 798,20. Coisa linda! O Amex esta liquidado, veio apenas R$ 1,67 referente a atrasos do pagamento anterior. Estou muito feliz em poder chegar ao final do ano com esses cartões controlados. 

Ainda com a estratégia de zerar os cartões, tive que realizar alguns saques da poupança para não mexer no cartão de crédito. Foram compras bobas, mas tinha desconto pagando no débito. No final, deu tudo certo.
Fatura alta aqui não!!!

No início do mês, fiz um socorro para uma pessoa muito próxima, ela teve uns equipamentos de trabalho furtados e se não adquirisse outros, o trabalho que iria fazer em 1 semana seria cancelado e adeus din din. A boa ação me custou R$ 1,100. Sei que irei receber, pois já socorri em outras situações mais simples e sempre acertamos. Fica a dica da importância da RE. Ainda mais em uma liquidez imediata. São essas situações, que me faz pensar cada vez mais em usar a poupança para tal finalidade. Essa pessoa estava desesperada postando em redes sociais para fazer uma vaquinha com os amigos para arrecadar o valor que faltava. Pense no trabalho! Liguei pra ela e fiquei sabendo do ocorrido e em 2 minutos já tinha transferido o que precisava para readquirir os equipamentos.
Depois tivemos uma conversa mais séria, sobre a importância de ter uma reserva, pelo menos no valor do material de trabalho que ela utiliza. Seria o mínimo. E como trabalha como Freela seria mais importante ter aquela reserva para cobrir 6 a 12 meses. Mas achei melhor começar apenas mostrando a necessidade de ter um pouco guardado caso aconteça algo nesse sentido novamente. Vamos torcer para que aprenda alguma lição com o acontecido.

Seguindo as dicas do AdP (muito obrigado por participar desse humilde blog) sobre livros de finanças, no mês de novembro, adquiri 3 de uma só vez.
O Investidor Inteligente, Benjamin Graham, O jeito Peter Lynch de investir e Investidores Conservadores dormem tranquilos - Philip Fisher.
Já estava de olho no Investidor Inteligente e encontrei em promoção na Amazon. 40 e poucos reais. E como compras acima de 100 reais o frete sai grátis, não tive escolha e enchi o carrinho com esses outros dois. A compra total deu R$101, 58. Chegou em 2 dias, super rápido!

Devo terminar de ler o do Philip Fisher até o final da semana. Esta sendo uma leitura cansativa, por enquanto estou nas tais dimensões e esta bem chato... quem já leu e puder dar uma opinião eu agradeço.

Como já adiantei, estou conseguindo controlar melhor os gastos e por conta de algumas situações do mês, o aporte foi ZERO! Nada a reclamar, esta tudo caminhando certo, apenas a passos de tartaruga.

E o Bitcoin? ZUEIRAAAA Estou apenas assistindo de camarote esse movimento todo. Espero que quem vendeu casa para comprar essa moeda saia antes da queda. 

Vamos aos números?

Colchão de Segurança Sofisa
Zero Aporte!

LCA Sofisa

Extrema Emergência: Poupança

Consolidado:



Estava relendo as primeiras postagens do blog e percebi o quanto mudamos ao longo do tempo. A um ano atrás, estava com pensamento de que hoje estaria investindo em RF e RV. Mal saí da RE rsrsrsrs.. Paciência Paciência.
E é engraçado, que ao mesmo tempo que estudo mais sobre as diversas possibilidades de investimentos, mais eu vejo que irei demorar um pouco a começar na RV ou Fiis. Não quero colocar $$ sem saber realmente os fundamentos daquele movimento. Nesse momento estou atras de conhecimento. E isso a Blogosfera tem de montão! (Obrigado GALERA!!!)

Por enquanto é isso, pessoal.
Faltam alguns dias para finalizarmos 2017 e ainda essa semana irei escrever mais um texto sobre esse momento reflexivo que todos nós passamos!

Obrigado por existirem!!!


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Fechamento Setembro/Outubro 2017

Salve Salve Blogosfera!!!

Praticamente 2 meses sem conseguir publicar o balanço. Apesar de ler as postagens dos colegas mas de hoje não passa!

Estava com o texto pronto para a postagem do mês passado, mas tivemos alguns problemas e tive que postergar.

Vamos para mais um fechamento.


Esse mês fiz um aporte pífio de 481,78 Temeres. Naquele velho esquema, rapei o que sobrou na CC e joguei pra poupança.
Durante o mês de setembro, fiz uma transferência de 500,00 (poupança BB) e comprei uma LCA do Sofisa 91% do CDI para 6 meses. Esta servindo de experiência, pois sempre estive liquido e essa LCA resgatarei apenas em março/18. Foi uma quantia pequena mas apenas para ver como funciona.

Estou com uma imensa dificuldade de zerar os cartões. Devido a alguns gastos, já estou satisfeito por reduzir o valor da fatura. Já reduzi bastante, mas mesmo assim, acho que da para usar menos.
Faturas:

Nubank:
Maio: 3.309,52, Junho: 3.045,40, Julho: 2.334,59, Agosto: 784,34, Setembro: 1.431,73 e Outubro: 1.365,09.


Se eu conseguir colocar essa fatura entre 800 a 1000 até Dezembro já estarei por satisfeito. Porque zerar tudo esta bem complicado. 


Amex:
Em Março: 4.049,89, em Abril: 3.038,28, Maio: 1.522,89, Junho: 1.558,53, Julho 1.051,67, Agosto: 1.034,37, Setembro: 82,86 e Outubro: 1,67.
Minha vontade de exterminar essas faturas!!!

Lado positivo foi que nesse período eu também estava girando no Amex e esse praticamente chegou ao fim!
Lembrando que no início do ano, utilizei bastante o cartão por causa da mudança de domicílio e compras de itens básicos para o apê. A maioria dos itens foram parcelados no Amex.

Só conseguirei liquidar duas parcelas do consignado por mês se eu realmente reduzir os gastos no cartão de crédito. Não tem outro jeito. Vamos nessa luta!

Por falar nesse consignado, além da expectativa de abater mais parcelas quando liquidar os cartões, é com o famigerado 13º que tentarei trabalhar. Provavelmente serei como 99,9% da população brasileira. Irei utilizar para liquidar dívidas. Fica o aprendizado, pois espero que não necessite dessa estratégia tão cedo.

Seguem as tabelas dos fechamentos!

Colchão de segurança Sofisa
Zero aportes! rsrs

Tabela nova! LCA Sofisa

Extrema Emergência: Poupança
Praticamente o valor que enviei para a LCA foi reposto no aporte desse mês.

Consolidado:


Agora vamos falar de coisa boa?

VAMOS FALAR DE TECKPIX!! 

Zueira galera... apenas para descontrair. 

Mês passado fiz a assinatura do site do Bastter.com. 
Tenho gostado bastante. O fato de ter um fórum enriquece muito as discussões. 
Há alguns tópicos interessantes não só de finanças mas sobre como levamos a vida tenho mostrado para a patroa. E por incrível que pareça, ela tem mostrado interesse no assunto! Recomendei que ela lesse o blog de Valor do Bona. São textos curtos com boa escrita e o cara é fera. Vira e mexe conversamos sobre algo relacionado a Educação Financeira. Estou bem empolgado com isso! Já pensou se ela empolga de vez?!

No final de outubro, estávamos batendo perna no shopping e resolvi olhar se tinha algum livro sobre educação financeira que valesse a pena. Comprei o livro do Siegel: Investindo em Ações no longo prazo. Uma hora esse estudo teria que começar, certo? Estou quase finalizando, apesar de perceber que terei que ler novamente daqui alguns meses/anos para entender alguns insigths. Mas a melhor parte, foi a patroa. Tinha um livro que era "Gastar menos Ganhar mais e Investir - O Livro do dinheiro para mulheres" Ela olhou, olhou vimos que tinha uma leitura fácil e resolvemos levar. Ela já terminou de ler e vai emprestar para algumas amigas (Fica a dica de presente para as companheiras!). O próximo da fila será "Os segredos da mente milionária". Esse provavelmente será presente para um amigo oculto de fim de ano, mas ela irá ler primeiro para ver se não é tão superficial quanto o primeiro ("superficial" mas fez pensar bastante sobre o tema rsrsrs). Ler é sempre bom isso é fato. Nós sabemos o quanto de informação temos a disposição na Blogosfera precisamos saber mesmo é filtrar! 


Enfim.... já esta tarde pra caramba e amanhã ainda é dia de luta!
O compromisso esta pago, galera! Sigamos firmes e fortes!!!
Grande abraço!!

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Fechamento Agosto 2017

Salve Salve mundo das finanças!!!!

Vamos a mais um fechamento de mês. 

Antes dos números, gostaria de agradecer aos amigos que postam e debatem os mais diversos assuntos aqui na blogosfera. 

Esse mês, aconteceu uma coisa interessante no trabalho. Vez ou outra, surgem esses assuntos lá no trampo. Compra de carro, apartamento, financiamento, consórcio, FUNPRESP, aposentadoria, previdência privada, investimentos e etc...
É interessante perceber como a maioria CAGA para as possibilidades que temos. Em certa oportunidade estava tentando mostrar para um amigo as desvantagens de um consórcio, caso ele fizesse o próprio investimento em TD pensando na compra de um outro carro. No meio da conversa também falamos sobre aposentadoria e eu mostrei para alguns colegas as projeções de aplicações no TD 2035 ou 2045. Passado algumas semanas, 2 colegas vieram me procurar querendo a minha opinião sobre onde colocar certa quantia rsrsrs. Minha sugestão: ESTUDE. Entenda e depois debateremos um pouco mais.
Amigos, os caras estão loucos!! 



Quando você fala sobre CDB, Selic, Tesouro IPCA+ como se fosse pós doutorado em alguma coisa! kkkkkkkk

Como fonte primária de informação sugeri o clube dos poupadores. "Clique no titulo do artigo que te chama atenção e leia com calma", é o que disse para eles. Um deles já abriu conta em algumas corretoras, faltando apenas abrir no intermedium para não ficar pagando taxas. Esse esta bem empolgado.

Essa semana, no final do expediente estava mostrando alguns blogs (momento merchan da blogosfera) para o colega se inspirar ainda mais e ver que as dúvidas que ele esta tendo são normais e que a leitura de bons blogs nos ajudam a tomar algumas decisões.
Nesse meio tempo, um outro colega, de outro setor, escutou a conversa sobre tesouro direto e disse que um colega do setor dele também meche com investimentos e que esta planejando se aposentar em 15 a 18 anos. Disse que ele e a esposa conseguem aportar entre 5 e 6k e que já tentou mostrar pra galera que é possível vencer graças a ajuda dos juros compostos.

O mais interessante disso tudo, sabe o que é? São as piadinhas que temos que escutar. "Lá vai os investidores!" "Alí só tem milionários" etc etc etc... 



Meus colegas aprisionados na matrix

Galera, como é difícil conversar sobre finanças com pessoas normais. Parece que você vira um ET apenas por querer conquistar a IF. Devíamos ter essa conversa assim como se discute se o Neymar no PSG foi uma boa jogada rsrsrsrs. Enfim, esse meu colega esta fritando a cabeça, algumas vezes até perdendo o sono pensando em Xs oportunidades que passaram e as que virão. Tomara que dê certo! Quem sabe, logo logo mais um para a finasfera!!!

Vamos aos números!!!!


Bom, como disse nas postagens anteriores, aportes ate o final do ano serão minguados. Esse mês limpei alguns cacos que sobraram na conta e mandei para a poupança. Foram apenas R$ 92,36. A estratégia de liquidar os cartões de crédito está quase terminada. Pensei que fosse conseguir zerar todos esse mês. Mas o Nubank vai me arrastar para o mês que vem. Pelo menos as compras utilizando o roxinho estão bem menores! Só assim terei gás suficiente para liquidar 2 parcelas do consignado no mesmo mês. O plano ainda continua o mesmo! Segue o exercício!

Segue a tabela da reserva de emergência Sofisa:



Tabela da poupança (extrema emergência):





Consolidado:




Venci a barreira dos 7k!!!!! Rumo aos 10K!!!!

Mais um mês ou menos um mês rsrsrs Vamos juntos ao objetivo! 

Grande abraço!

sábado, 12 de agosto de 2017

Vida que segue!

Fala guerreiros da Finansfera!

Como prometido.... vamos continuar a postagem anterior (Muita calma nessa hora, nobre Stifler Pobre)


SEGUNDA PARTE: MUDANÇAS PESSOAIS / IMPACTO FINANCEIRO

Como falei anteriormente, junho e julho foram meses com muitas novidades. 
Vocês bem sabem que no início do ano saí da minha cidade e estou trabalhando em outro estado. Bem distante de casa, família e amigos(BEM DISTANTE MESMO).

Toda essa mudança, foi por causa de uma aprovação em concurso. O que esta me dando tranquilidade para pensar nos próximos passos a dar na vida. Porém, existe toda uma história (que eu não posso omitir) por trás dessa aprovação. 

Durante um bom tempo, inclusive depois de formado, trabalhei na iniciativa privada. Sempre ouvia conselhos para tentar concurso na minha área e talz mas não dava tanta importância. Até poque naquela época, não tinha percepção alguma do que queria daqui a 5, 10, 20 anos. Estava vivendo no modo Martinho da Vila (deixa a vida me levar....) Pagava meus lazeres e estava de bom tamanho rsrsrs chegava ao fim do mês zerado mas feliz.
Em meados de 2008/2009 tinha uma galera que sempre se encontrava para sair e tomar uma gelada. De repente, uma das amigas sumiu do grupo... e sempre que perguntavam dela, a notícia era de que estava estudando para concurso. Coisa de 2 anos depois (estávamos lá no mesmo ritmo de baladinha) reaparece a sumida... rsrsrs. Como novidade, uma aprovação em um concurso, relativamente bom e os estudos continuavam para tentar algo melhor.

Nesse meio tempo (entre 2010 e 2011) eu e a "sumida" começamos a namorar.
Não era muito agradável.... ela concursada eu CLT.
Tirando a diferença salarial (que era algo que me incomodava muito) chegava no início do mês as vezes recebia certo as vezes faltando um pedaço que seria acertado dia 10 ou 15 e a gata? Dia 5 o $$ na conta. Na época tinha apenas uma moto (tenho até hoje, meu xodó rsrsrs) e a gata com seu carro zero (bobeira que a maioria faz mas só descobrimos depois rsrsrs). Mas levava essa situação numa boa. Continuávamos saindo e fazendo uma viagem aqui outra ali. Por causa dessas situações ela já me alertava:  "faz concurso vc vai receber sempre na data.... é mais tranquilo" e todo aquele blablabla.

Eu seguia firme no meu trabalho de sempre até que na metade de 2011 recebi a notícia de que a empresa que trabalhava iria fechar as portas. O PRIMEIRO TAPA NA CARA.
Essa notícia me abalou pra caceta. Pois estava naquela casa desde 2003 quando comecei como estagiário e depois de formado assumi algumas posições. Que sensação horrível. Era como se todo meu esforço e dedicação durante anos não tivesse feito diferença alguma. 

Como valeu a pena acordar durante anos 5:20... chegar em casa 23:30 e no outro dia recomeçar tudo novamente....PQP!!!


Com essa trágica notícia, utilizei uma reservinha que tinha em poupança (até aquele momento poupança era o único sinônimo de investimento para esse mero mortal) para dar início ao ciclo de estudos. 

Sabia que poderia me bancar por aproximadamente 7 meses com as contas básicas e se nada desse certo nesse período teria duas opções: voltar a trabalhar ou continuar estudando com a ajuda da família. Passado todo esse tempo (que fase horrível....sem dinheiro para um mero cinema...pqp!). Nenhuma aprovação. Percebi que tinha evoluído bastante nos estudos e que estava faltando pouco para estar dentro. Ok. Vamos voltar ao trabalho porque não estava conseguindo viver daquela forma. Sem condição de pagar uma conta de celular, evitando sair para não gastar o que não é seu... enfim... algo horrível. Setembro de 2012 volto a trabalhar. Mas os estudos continuavam a todo vapor. Em março/2013, um colega foi mandado embora. Nos meses seguintes, toda a equipe que foi montada para iniciar essa empresa, foi sendo desmontada. Vi que logo iria chegar a minha hora. Não deu outra. Em agosto meu primeiro e único pé na bunda!
O SEGUNDO TAPA NA CARA (essa parte daria uma postagem inteira. Quem sabe um dia.)

FODA!!
Nessa hora, usei toda minha revolta para focar ainda mais nos estudos. Comecei a fazer provas em outros estados. O que aparecia estava fazendo. Não queria passar por situação semelhante nunca mais. CHEGA! No início de 2014 a primeira aprovação (fora do estado). No segundo semestre outra aprovação (tbm fora do estado). No meio de 2015 aprovação do cargo que exerço hoje. Também em 2015 eu percebi a diferença entre ser aprovado e ser nomeado. Rsrsrsrsr PQP!!!! Você passa mas fica de mãos abanando rsrsrs meses sem perspectiva de inciar o trabalho e tocar a vida.

Durante todo esse período, agosto/2013 - Fevereiro/2015, toda vida social estava sendo bancada pela namorada (shows, viagens, cinema, restaurantes). Tive um mega apoio (financeiro/psicológico) dela na fase que não tinha um puto no bolso.
Em setembro de 2014 fui chamado em um concurso temporário que fiz... era apenas até o final do ano mas já consegui organizar a vida financeira novamente. Em abril de 2015 fui chamado novamente para esse temporário. Para ficar o ano inteiro. SHOW!!!
Meses recebendo tranquilo sem pressão alguma. Bom demais! Colhendo os frutos de todo o esforço.
As coisas estavam melhorando mesmo. E dentro daquela perspectiva de melhora, marcamos o casório para julho/2017. Daria para juntar uma graninha tranquila durante 2016/2017 (20 meses entre as datas) e fazer acontecer. Ledo engano. 

Caia e levante-se mais forte! Um passo para trás para dar um salto a frente. SÓ DEPENDE DE VC PORRA!!

Passei 2016 no limbo. Zero trabalho. Sobrou pra quem? Mais uma vez a gata segurou as pontas. Nessa época ela já estava trabalhando na esfera Federal com um salário melhor mas que seria insuficiente (sozinha) para dar conta de todas as contas. Alternativa? Ela bolou uma segunda fonte de renda. E eu ajudava no que podia. Foi o que salvou 70% dos contratos da festança rsrsrs
No início de 2017, com a minha nomeação e mudança de estado, os gastos com o cartão de crédito foram pro espaço, junto com um pedaço da minha reserva de emergência. Mas saberia que iria poder arcar sem muita pressão. No decorrer do primeiro semestre, ajudei muito pouco no fechamento das contas. Respirei com o 13º (como expliquei no post anterior). 

Tenho que tirar o chapéu pelo jogo de cintura da patroa. Engraçado que muitos estavam falando (agora que é concursado pode casar mesmo) sem saber do perrengue que foi. 

Foi nosso primeiro planejamento sério financeiramente falando.

IMPACTO FINANCEIRO:
Todos sabem que casamento, reforma ou construção é tudo igual. Você planeja x gasta 2x. Por isso, agora em julho, para fechar as contas, estavam faltando 12k. Não pensei duas vezes. CONSIGNADO PORRA!!!! rsrsrsrs Parcelei em 10x. O plano é pagar em 5 meses. Vou pagar juros? Vou. Poderia ter usado a reserva de emergência? Não. Algo planejado por 2 anos não é emergencial. E os juros? Sim o banco vai levar essa. Mas eu precisava criar uma pequena reserva para me deixar tranquilo. Aquele efeito psicológico sabem? Poderia ter usado o 13º? Sim, mas seria insuficiente e estaria com os cartões descontrolados. A ideia é zerar os cartões de crédito e destinar toda essa grana para o adiantamento do consignado. Aporte? Não sei se farei novos até o final do ano. A meta é pagar o empréstimo o quanto antes.
Outro detalhe importante, 80% dos contratos a patroa matou no peito e resolveu. Fiz desse jeito e ainda estou devendo, podem ter certeza!

Assim, em julho 2017, assinamos a papelada - separação total de bens (ponto para finansfera) - fizemos a festa, viajamos e segue o baile!!

A postagem ficou meio longa mas não tinha como deixar mais enxuta.

Obrigado, pessoal! Vamos firmes no objetivo!